sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Pós- Graduação em Pedagogia Hospitalar - Nova turma em 2012









Com o objetivo de propiciar formação especializada de qualidade, a Faculdade Nossa Senhora de Lourdes oferece o curso de Especialização em Pedagogia Hospitalar.

Os atendimentos pedagógicos  estão presentes em diversos hospitais, nas ações educacionais junto a crianças e adolescentes que se encontram internados,desenvolvidas por profissionais formados em pedagogia e outras áreas.

Como ressaltam vários estudos acadêmicos, que focam os efeitos da hospitalização sobre o desenvolvimento infantil e juvenil, as interrupções das rotinas próprias da infância  e adolescência (as  atividades lúdicas e recreativas, a ida diária à escola, o encontro com os colegas, o convívio com irmãos, pais, demais familiares, vizinhos etc.) causam impacto negativo. As crianças e adolescentes  hospitalizados se vêem obrigados a passar horas, dias, meses e até anos em  ambientes, muitas vezes hostis, sujeitos a cirurgias, medicações, exames, injeções, acessos para soro, limites alimentares, convivendo com dor, mal-estar, medo, angústia, privação de liberdade, dentre outros fatores que podem causar sofrimento físico e emocional.

Na ação conjunta dos vários profissionais da saúde que compõem as equipes multidisciplinares em hospitais de qualidade, os com formação  especializada em Pedagogia Hospitalar poderão atender às necessidades educacionais das crianças e adolescentes internados, favorecendo seu desenvolvimento pleno. 


Assim, na intersecção entre Educação e Saúde, num trabalho integrado entre educadores dos hospitais e das escolas regulares, equipes de saúde e famílias, os estudantes hospitalizados poderão dar continuidade às suas escolarizações, o que beneficiará também a saúde física, mental, cognitiva e emocional desses sujeitos.


Como um dos docentes, recomendo.

Para mais informações e inscrições, visite  página do curso de Especialização em Pedagogia Hospitalar,  no site da Faculdade Nossa Senhora de Lourdes.


Um abraço.

Alexandre Kassis

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

1° Simpósio de Pedagogia Hospitalar do Hospital A.C.Camargo

Segue texto de divulgação do 1° Simpósio de Pedagogia Hospitalar do Hospital A.C.Camargo ( São Paulo-SP)

Já me inscrevi, é claro!
 
Um abraço.
Alexandre Kassis 

 

 
"O Simpósio contará com a presença de convidados das mais renomadas instituições de educação e pesquisa e com representantes de classes hospitalares da cidade de São Paulo.

A intenção é apresentar e refletir sobre as ações pedagógicas realizadas nas classes hospitalares de São Paulo.

Encontros da pedagogia hospitalar são fundamentais para o fortalecimento da identidade dessa modalidade de ensino, aperfeiçoamento da nossa ação pedagógica e implantação de novas classes hospitalares em outros hospitais.

Publico-alvo:
Pedagogos, Professores, Coordenadores Pedagógicos, Gestores Educacionais, Psicólogos, Assistentes Sociais, Terapeutas Ocupacionais e outras áreas afins.
Local: Hospital A.C.Camargo - Auditório Senador José Ermírio de Morais

Data:
 02 e 03 de dezembro de 2011
Data e descrição dos módulos
02/12/2011– Abertura do Simpósio e exposição de atividades realizadas nas classes hospitalares da cidade de São Paulo.
Início às 19h30 (programação preliminar)

• Abertura com a apresentação do vídeo “Imagens que falam”


• Formação de Recursos Humanos na Área Médica 

Dr. Ademar Lopes.

• A importância da Humanização no Tratamento de Doenças Crônicas  

Dr. Jarbas José Salto Junior

• A Parceria da Pediatria com a Escola Hospitalar 

Dra. Cecília Maria Lima da Costa.

• A História da Escola Schwester Heine

03/12/2011– Apresentação de Palestras abordando assuntos pertinentes à educação hospitalar (Inclusão/Alfabetização/Psicomotricidade/Relacionamento Família e Escola) e apresentação do Projeto Político Pedagógico de cinco escolas hospitalares da cidade de São Paulo.
Início às 08h (programação preliminar) até às 18h

• Abertura com a apresentação do vídeo “Imagens que falam II”


• Currículo é vida 

Professor Mario Sérgio Cortella

• Escola Hospitalar 


• Depoimento de aluno da Escola Schwester Heine


• Escola Hospitalar do Instituto do Coração 


• Alfabetização na visão da Metalinguagem 

Professora Maria Regina Maluf

• A diferença entre inclusão e Integração


• Depoimento de aluno da Escola Schwester Heine


• A importância da Motricidade no Desenvolvimento 

Professor Francisco Rosa Neto

• A Relação da Família e a Escola Hospitalar 


• Escola Hospitalar do Hospital das Clínicas


• Escola Hospitalar do Hospital Psiquiátrico


• Depoimento de aluno da Escola Schwester Heine


Local:
Anfiteatro Senador José Ermirio de Moraes

Rua Prof.Antonio Prudente,211
Liberdade (entre as estações são joaquim e vergueiro do metrô)

Investimento: R$ 50,00

Inscrições online :
www.accamargo.org.br/centrodeensino

Inscrições no local de acordo com a disponibilidade de vagas.
Organização: Escola Hospitalar Schwester Heine - Hospital A.C. Camargo

Coordenação:
Diretora Pedagógica Maria Genoveva Vello

Realização:
CIPE - Centro Internacional de Pesquisa e Ensino

Informações:
Centro de Estudos
E-mail: eventos@hcancer.org.br
Fone: 2189-5078"

Informações disponíveis em




quarta-feira, 20 de julho de 2011

Recomendo - Curso de formação de brinquedistas/ brinquedoteca hospitalar








Olá.

Participei na semana passada de um curso aqui em São Paulo-SP sobre brinquedotecas hospitalares e formação de brinquedistas para atuação nesses espaços. 

Recomendo, pois é um curso coordenado e ministrado por profissionais sérios, com experiência teórica e, em especial, prática no assunto.

Para mais informações, acessem a página da Associação Brasileira de Brinquedotecas,
reponsável pelo curso citado.

Um abraço.

Alexandre Kassis.

domingo, 13 de março de 2011

sábado, 5 de março de 2011

ARTETERAPIA

 














Comecei a pesquisar sobre um campo bastante interessante e que também pode nos inspirar em nossas práticas que envolvam a Pedagogia Hospitalar: a Arteterapia.

Para começar, compartilho um vídeo que encontrei no YouTube, a primeira parte da entrevista de Tânia Carvalho com Marilice Costi, arteterapeuta ( veja também a parte 2 desse vídeo).

Confira.

Um abraço.

Alexandre Kassis




terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Classe Hospitalar do Hospital das Clínicas - Ribeirão Preto - São Paulo










 
Para conhecer um pouco sobre a Classe Hospitalar do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP-USP), recomendo a leitura do  artigo  disponível em



Conheça também os Projetos de Humanização Hospitalar do H.C. de Ribeirão Preto.

Confira.

Um abraço.

Alexandre Kassis

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Psicologia Hospitalar - Livro


 

A Psicologia Hospitalar é uma das frentes essenciais nas equipes multidisci-
plinares em hospitais de qualidade, centrada no atendimento psicológico dos enfermos, de seus familiares e da equipe de saúde, os cuidadores. 






Como docentes em classes hospitalares, devemos conhecer todas as  especialidades envolvidas no processo de promoção da saúde física/emocional e nessa perspectiva, trago como sugestão de leitura o livro da querida professora Christina Neder (que tive oportunidade de conhecer no ano passado) - Avanços da Psicologia Hospitalar: por onde caminhamos?, publicado pelo Centro Universitário São Camilo e pela Editora Paulus. 

É um breve estudo sobre a atuação dos psicólogos em hospitais, sua história, desenvolvimento e avanços, versando sobre a atuação do psicólogo no campo da saúde, na assistência aos pacientes e seus familiares, no cuidado aos cuidadores e nas áreas de ensino e pesquisa.

Para que você tenha idéia da obra como um todo, ela se divide em 6 capítulos:

1. Da psicologia à psicologia hospitalar: compreendendo o adoecer
2. Psicologia nas especialidades médicas e cirúrgicas: áreas técnicas de intervenção
3. O impacto do adoecimento sobre a família
4. A relação entre o paciente e os profissionais da saúde
5. O que o morrer e a morte nos ensinam?
6. Cuidando do cuidador: aspectos de uma atenção integral

Vale a pena conhecer as especificidades do campo da Psicologia Hospitalar, bem como de outras especialidades de atendimento hospitalar, além do pedagógico, que com certeza enriquecerá nossos diálogos e atuações junto às equipes multidisciplinares, em favor da atenção integral à saúde, em especial, de nossos “aprendizes”, no nosso ponto de vista, não só “pacientes”.

Confira.

Um abraço.

Alexandre Kassis

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Teses e Dissertações - PUC Paraná

 


Há diversas pesquisas acadêmicas, desenvolvidas junto à PUC do Paraná,relativas à Pedagogia Hospitalar. 

Selecionei algumas delas, em especial, as que focam o uso das TICs nesse âmbito, assunto que venho pesquisando há algum tempo, e outras duas, uma referente ao uso de mapas conceituais em práticas  inovadoras nas classes hospita-
lares e outra sobre o desafio do professor universitário na formação de professores para a educação hospitalar,realizada por
Elizete Lúcia Moreira Matos, uma das  pioneiras em estudos sobre Pedagogia Hospitalar no Brasil.

Demorei para postar os links que seguem abaixo, pois a Biblioteca Digital da PUC Paraná estava fora do ar há vários dias. Hoje ela voltou ao normal. Que bom!

Confira.

Um abraço.

Alexandre Kassis



Teses e dissertações - PUC Paraná

A mediação pedagógica em um ambiente virtual de aprendizagem em contexto hospitalar

Gisele Cipriano Rodacoski
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1448 

 
 

Ambientes virtuais de aprendizagem -uma proposta para inclusão de escolares hospitalizados

Ana Lucia Berno Bonassina  
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1080


 
Análise de websites educacionais e suas contribuições na formação dos professores que atuam em contexto de hospitalização escolarizada


Renata Largura de Lima Furtado
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1685

 
 

Aspectos da formação do professor na mediação pedagógica na utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação na Escolarização Hospitalar

Cristiane Maria França
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1396


 
Contribuições para a concepção de um ambiente virtual de aprendizagem para escolares hospitalizados


Josiane Maria Bortolozzi
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=748

 

Eurek@kids - um novo olhar para a formação do professor no processo escolar com a utilização de ambiente virtual de aprendizagem


Mariana Saad Weinhardt Costa
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1162

 

Eurek@kids :uma experiência de uso de ambiente virtual de aprendizagem no processo ensino-aprendizagem em contexto hospitalar


Raquel Pasternak Glitz Kowalski
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1168


Mapa conceitual :um instrumento para a formação de professores que trabalham com a escolarização no hospital para uma prática inovadora


Luiza Tatiana Forte
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1459

 

O desafio do professor universitário na formação do pedagogo para atuação na educação hospitalar


Elizete Lúcia Moreira Matos
http://www.biblioteca.pucpr.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1426



terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Perspectivas de Profissionais da Saúde sobre Crianças Hospitalizadas














Florence Nightingale


É importante ressaltar que os estudos da Pedagogia Hospitalar não podem considerar apenas as visões acadêmicas e práticas exclusivas de profissionais diretamente ligados à área da educação infantil em ambientes hospitalares. Nesse sentido,em favor da comunicação e  construção de saberes interdisciplinares, é justo considerar as produções de profissionais da saúde, como os da área da enfermagem, em suas pesquisas e considerações referentes  às crianças hospitalizadas, como é o caso do artigo

O ambiente estimulador ao desenvolvimento da criança hospitalizada, assinado por 

Giovana Soares Bortolote e  José Roberto da Silva Brêtas


Confira em
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342008000300002&lng=en&nrm=iso


Um abraço.

Alexandre Kassis

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

O Lúdico em Ambientes Hospitalares



Poliana Coelho da Silva


Olá.

Recebi indicações da psicopedagoga Poliana Coelho da Silva (Viçosa-Minas Gerais), que dinamiza o blog Brinquedoteca Hospitalar "Doce Brincar".  

Ela sugeriu dois artigos,um sobre o lúdico e seu papel na regulação das emoções de crianças hospitalizadas, outro sobre a brinquedoteca
como espaço de formação de educadores. 

Grato pela colaboração,Poliana!


Confira em

O lúdico e suas implicações nas estratégias de regulação das emoções em crianças hospitalizadas
 

Sâmela Soraya Gomes de Oliveira
Maria da Graça B. B. Dias


Brinquedoteca: Espaço de Formação de Educadores

Eliana Maria Magnani
Maria Inês Flores Refosco
Nelca Hilda Sperb Pegoraro
Raquel Chiara Hillebrand
Solange Terezinha da Silva

http://revistas.unipar.br/educere/article/viewFile/182/156


Um abraço.

Alexandre Kassis

Vídeo sobre a Associação Viva e Deixe Viver




Olá.

Para quem não conhece a Associação Viva e Deixe Viver, que há anos forma voluntários para contar histórias a crianças hospitalizadas, segue a primeira parte de um vídeo sobre ela, do Programa Ressoar - Rede Record. Conheço de perto o trabalho dela, pois tive o prazer de ministrar oficinas para contadores(as) de histórias em sua Sede aqui em São Paulo e um curso online para diversas praças onde atua. 

Sou fã!

Confira esses e outros vídeos disponíveis no YouTube e se quiser se tornar voluntário(a), busque informações lá no site da Associação Viva e deixe Viver.

Um abraço.

Alexandre Kassis


quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Contar Histórias com Livro de Folhas Soltas

 



















Olá.

Encontrei um artigo ótimo sobre a experiência de contar histórias  para crianças hospitalizadas, utilizando um livro de folhas soltas, mais adequado à situação, como descrito pelas autoras


Ana Maria Cavalcante de Araujo - CUFSA
anamaria.araujo@uol.com.br 

Camila Oshiro Pola - CUFSA
mi.oshiro@gmail.com

Maria Elena de Gouvêa - CUFSA
elenagouvea@yahoo.com.br

Ivete Pellegrino Rosa - CUFSA
ivete.pellegrino@mac.com


O artigo é



Confira.

Um abraço.

Alexandre Kassis

Entrevista: Regina Machado - Contar Histórias

 














Olá.

Segue a primeira parte da entrevista da professora e contadora de histórias Regina Machado (ECA-USP), concedida à VEJA.com.
Lá no YouTube, há a continuação dessa entrevista (em outros vídeos) , que é bastante interessante a todos que querem contar histórias com qualidade, em diferentes contextos e finalidades, inclusive, é claro, na escolarização hospitalar.

Um abraço.

Alexandre Kassis


segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Artigos do SciELO Brasil










Olá.

Para quem já conhece, vale lembrar, e para quem não conhece, não sabe o que está perdendo. Estou falando da SciELO Brasil (Scientific Electronic Library Online), uma biblioteca eletrônica contendo artigos de períodicos científicos brasileiros. Dali, saquei alguns links interessantes para artigos sobre Pedagogia Hospitalar e Cia.  Mas, vale investigar mais, direto lá na fonte, ok? Aqui só vão umas amostras.


Seguem os links :
 
A escuta pedagógica à criança hospitalizada: discutindo o papel da educação no hospital

 

Rejane de S. Fontes

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000200010&lng=pt&nrm=iso


Laboratório on-line de aprendizagem: uma experiência de aprendizagem colaborativa por meio do ambiente virtual de aprendizagem Eurek@Kids

Patrícia Lupion Torres

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622007000300006&lng=pt&nrm=iso


Contribuições da educação profissional em saúde à formação para o trabalho em classes hospitalares


Alessandra Santana Soares e Barros

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622007000300002&lng=pt&nrm=iso


Experiências de ensino, pesquisa e extensão no setor de pedagogia do HIJG
 

Terezinha Maria Cardoso

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622007000300004&lng=pt&nrm=iso


Classe hospitalar: um olhar pedagógico singular (Resenha)

Adriana Cunha Padilha
; Larissa de Souza Martins

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382010000200012&lng=pt&nrm=iso


Um abraço.
Alexandre Kassis

domingo, 30 de janeiro de 2011

Curso: A formação do Contador de Histórias



 Ao lado,foto de Malba Tahan, um dos nossos grandes Contadores de Histórias

 


 

 

 

Olá.

 

Seguem informações sobre um dos cursos presenciais que ministro aqui em São Paulo, indicado também para aqueles que desejam utilizar a contação de histórias como recurso em ambientes hospitalares, o que já é desenvolvido por contadores de histórias voluntários e pode ser desenvolvido com qualidade pelos docentes.
 

A formação do contador de histórias: panorama teórico e avaliação de técnicas é um curso Teórico e Prático, com exercícios para desenvolver fluência na contação de histórias para crianças e/ou adultos em diferentes contextos e finalidades.

 

Público- Alvo:

Contadores de histórias (iniciantes, profissionais ou voluntários),professores, bibliotecários, psicólogos, mães, pais e público em geral.

 

Síntese do Programa:

A formação do contador de histórias: panorama teórico e avaliação de técnicas tem como objetivos focalizar certas obras  que versam a respeito da formação nessa área e a avaliação de algumas técnicas, com base em aulas expositivas, debates sobre teorias, análises de  técnicas narrativas, apresentação de atuações de contadores (com utilização de gravações em vídeo), exercícios de narração, jogos teatrais e improvisações, para fundamentar a escolha consciente  das perspectivas e ações que melhor se adaptam ao estilo de cada contador.

Trata-se de um curso inédito, pois focalizará múltiplas vozes, as palavras de escritores que se debruçaram na análise e elaboração de diversas propostas referentes à atuação no campo da, por muitos chamada, "arte de contar histórias", não limitado à visão, personalidade e valores de  único autor, o que fomentará um conhecimento mais abrangente sobre as teorias e técnicas na esfera da formação de contadores de histórias para crianças e/ou adultos, em diferentes contextos e finalidades.

Qual o significado da contação de histórias? Qual a função das histórias?  Como escolher histórias ? Como classificá-las? Como estudar e conhecer histórias? Quais  habilidades deve ter o contador? Que recursos internos e externos são necessários? Qual a postura ideal diante dos ouvintes? Quais as melhores técnicas para contar histórias? Como preparar narrativas orais?  Que cuidados com a voz e com o corpo são necessários? Como preparar o espaço e o cenário para a contação? Essas e outras questões serão debatidas nesse curso.

Serão abordadas obras como as de  Gislayne Avelar Matos, Regina Machado, Cléo Busatto, Vania Dohme, dentre outras, todas fundamentais para a formação de contadores e contadoras de histórias.

 

Local:

Vamos Constelar

Avenida Irerê, 1105 – Planalto Paulista – São Paulo – SP(Paralela à Avenida Indianópolis, próxima da Estação São Judas do Metrô)

Fone: (11) 2862-4340

 

Material:

Todo o material utilizado em aula será fornecido em CD (apresentações em PowerPoint, contos, roteiros dos exercícios propostos, indicações bibliográficas, lista de links interessantes etc.)

 

Vagas:

Mínimo 6 alunos e máximo 12 alunos por turma

 

Certificado:

Ao participante que comparecer  em todos os dias do curso, cumprir o horário das aulas e realizar todas as atividades de forma satisfatória, será conferido certificado de participação em curso livre.


Carga Horária: 

10 horas

divididas em 2 encontros de 5 horas (aos sábados


Valor:

R$ 150,00

 

Formas de Pagamento:

Pagamento por depósito bancário no BRADESCO* ou pelo "pagseguro" – UOL**

*É possível realizar pagamento via depósito bancário no BRADESCO.

 ** Também,  para facilitar os pagamentos de nossos cursos e ao mesmo tempo proporcionar segurança aos participantes, oferecemos o serviço “pagseguro” da UOL. A partir desse serviço, você pagará o valor do curso via Cartão de Crédito ( à vista ou parcelado), Boleto bancário ou pelo Bankline.


Observações Importantes:

Não há reservas de vagas.

A inscrição só será efetivada após o pagamento do valor integral do curso.

Não podem ser feitas inscrições no dia do curso.

Em caso de não comparecimento , o valor pago não será devolvido.

Em caso de desistência até 72 horas antes do curso, será reembolsado 50% do valor pago, após o dia do curso.

Após esse período, o valor pago não será devolvido.

Em caso de não formação de turma com número mínimo de inscritos (6 pessoas), o valor pago será devolvido integralmente e o inscrito será avisado sobre novas turmas.

 

Para informações sobre novas turmas visite a página do curso.


Um abraço.

Alexandre Kassis


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Formação de Professores - Produções Acadêmicas










Para quem tem interesse em produções acadêmicas relacionadas à formação de professores para atendimento escolar  a estudantes hospitalizados, segue o link para a Dissertação de Mestrado da Professora Amália Neide Covic / GRAACC.


Confira em

Amália Neide Covic

Dissertação de Mestrado em Educação: Currículo – PUCSP (2003)

Atendimento Pedagógico Hospitalar: convalidando um experiência  e sugerindo ideias para formação de educadores





 Um abraço.

Alexandre Kassis

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Conheça o LABRIMP




Se você tem interesse em desenvolver projetos ou atividades pedagógicas que envolvam brinquedos, em qualquer contexto educacional, com fundamentação teórica e metodológica consistentes, para práticas de qualidade nessa direção, vale conhecer a fundo o LABRIMP – Laboratório de Brinquedos e Materiais Pedagógicos da Faculdade de Educação da USP – FEUSP.

Confira em


Um abraço.

Alexandre Kassis

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

MEC /SEESP- Classe Hospitalar e Atendimento Pedagógico Domiciliar













Siga o link para um importante documento publicado pelo MEC e pela SEESP em 2002, Classe Hospitalar e Atendimento Pedagógico Domiciliar: Estratégias e Orientações, no mínimo para tomar conhecimento da visão do MEC sobre o tema, na época de sua publicação, e sua influência atual sobre as políticas públicas e ações nesse âmbito.

Baixe o documento em



Um abraço.

Alexandre Kassis

Classificação de Jogos, Brinquedos e Organização de Brinquedotecas

Para usos conscientes de jogos e brinquedos com objetivos educacionais, é necessária a formação específica dos professores e professoras, quer para usos em classes regulares, quer para usos em classes e/ou brinquedotecas hospitalares. 

É preciso saber escolher entre  vários jogos e brinquedos, saber classificá-los  e/ou adaptá-los a fins educacionais, ter noções básicas sobre como organizar uma brinquedoteca nesse sentido, além do prazer que ela pode proporcionar, e que ela não seja uma simples coleção de jogos e brinquedos à disposição das crianças e adolescentes.

Nas minhas andanças pela Rede, encontrei um artigo ótimo da professora Karina Toledo de Araújo,  docente do Curso de Graduação em Pedagogia e Turismo – UniFil, do Curso de Pós-Graduação em Educação Infantil – UniFil e Coordenadora da Brinquedoteca – UniFil.
 
Lá, ela  fornece informações preciosas sobre jogos, brinquedos e sobre a organização de Brinquedotecas.


Confira em


Um abraço.

Alexandre Kassis